O sarcasmo e ocultismo do anti-herói Constantine


O mundo que você vê, que você toca, que você cheira, que você sente, é nada mais do que um palco. Seres humanos são menos que atores. Marionetes manipuladas por um sem número de anjos e demônios envolvidos em jogos de poder – ou simples passatempos. John Constantine ousou brincar com invocações e encantos quando jovem, o que quase o levou à insanidade. Hoje, cínico e marcado pelos seus erros, ele caminha por Londres como uma das únicas pessoas que conhece os bastidores do universo – e que pode fazer algo pela humanidade. Arrogante, negligente, perfeccionista e individualista, John Constantine tem vastos conhecimentos sobre ocultismo, demonologia e outros assuntos obscuros.

O personagem foi criado por Alan Moore, como apenas um mero figurante da revista Monstro do Pântano, mas que depois se popularizou rapidamente. Foi concebido para satisfazer o pedido dos então desenhistas da revista, Stephen Bissette e John Totleben, de ter um personagem fisicamente parecido com o cantor Sting nas histórias. Um ano depois da sua primeira aparição, ganhou a sua própria revista,Hellblazer. A primeira equipa criativa foi composta por Jamie Delano nos roteiros e John Ridgway nos desenhos. Ao longo de toda a sua publicação, Constantine já teve histórias criadas por alguns dos mais célebres autores de quadrinhos.

As histórias são geralmente constituídas apenas de conversas, mas sempre num contexto sobrenatural. Sempre acompanhado pelos seus amigos, todos eles também envolvidos com o mundo do sobrenatural, o anti-herói enfrenta demônios, vampiros, fantasmas, entre outros seres do sobrenatural. Na maioria das suas aventuras, conta com a ajuda seu amigo taxista Chas, com quem briga constantemente. Já tendo mesmo enganado o Diabo para poder escapar de um câncer de pulmão, ele é um mago individualista que não hesita em insultar anjos, fazer gestos obscenos aos demônios e arriscar vidas alheias, tendo apenas como objectivo salvar a própria pele.

Com seu passado de músico controverso e o seu presente de intervenções em todo tipo de assuntos polémicos, as histórias de John Constantine sempre estiveram ligadas a acontecimentos do mundo real. Já foram abordados na revista assuntos como a disseminação crescente do HIV, a ascensão dos yuppies e de grupos de skinheads durante os anos 80.

O ponto alto desse entrelaçamento com a realidade foi provavelmente na revista número 3, descrevendo o funcionamento de uma parte do inferno como uma “Bolsa de Valores de Almas”. A história mostra os demônios -corretores desse lugar, optimistas com o aumento do valor das almas britânicas, causado pela expectativa de um terceiro mandato do Partido Conservador e que se terá consumado com a eleição em 1987 de Margaret Thatcher. Constantine manipula a situação como um verdadeiro especulador financeiro: finge estar desesperado para vender sua alma enquanto ainda está “em alta”, levando os demônios a acreditarem que a esquerda iria ser eleita, fazendo cair o seu valor da sua alma no mercado.

Há também Histórias especiais, como Atire e Pátria Amada, que tratam de atualidades como a intolerância racial e guerras civis (com referências ao grupo terrorista IRA) ou de simples entretenimento como na derrota da Inglaterra para Portugal na Copa do Mundo de Futebol de 2010, onde a comemoração dos soldados escoceses pela derrota da Inglaterra é que sob certos aspectos “salva o dia”, e há ainda referências históricas da antiguidade onde são apresentados os seus ascendentes.

Essa é uma constante do comportamento de John Constantine, ludibriar os inimigos para alcançar seus objectivos tanto ou mais do uso que faz da magia. Por múltiplas vezes, ludibriou também os seus aliados como o Monstro do Pântano e ocasionalmente o seu amigo Chas.

O personagem já ganhou uma adaptação para o cinema em 2005, estrelado por Keanu Reeves no papel principal e depois para a TV através de uma série em 2014.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

Angry Angry
0
Angry
Fail Fail
0
Fail
Geeky Geeky
0
Geeky
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
OMG OMG
0
OMG
Scary Scary
0
Scary
Win Win
0
Win
WTF WTF
0
WTF

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

More From: Sem categoria

DON'T MISS