Questionáveis métodos de saúde em O fantástico mundo de Dr Kellog


Diariamente somos bombardeados com informações a respeito de cuidados alimentares e hábitos necessários para preservar a saúde do organismo, pois precisamos tomar cuidado com o que está sendo ingerido e que efeitos ele causará em nosso corpo.

Se na atual conjuntura vivemos imersos nessa avalanche de dados que deixa muitas pessoas neuróticas a respeito, as reações e teorias mais adversas surgiram em função dos resultados encontrados quando os primeiros estudos na área nutricional começaram a ser feitos, no final do século XIX.

Neste período se destaca a doutrina de John Harvey Kellogg, um médico que gerenciava um centro clínico de recuperação física, onde o foco era a cura holística do indivíduo, corrigindo seus hábitos alimentares e comportamentais, restringindo sua libido à base de uma dieta vegetariana, pois ele acreditava que o “segredo para uma vida longa e saudável é um intestino imaculado e abstenção de qualquer estímulo sexual”. O doutor em questão ficou famoso pela invenção dos flocos de milho com seu irmão, comida presente em praticamente todo café da manhã americano.

A seguinte película faz uma divertida análise crítica deste período, acompanhando o casal Will e Eleanor Lightbody que chega ao citado centro médico para uma desintoxicação do rapaz, cujos remédios à base de álcool e ópio corroeram seu sistema digestivo de tal forma que ele não consegue comer nada além de torradas secas.

Neste ponto o filme aponta as perigosas misturas presentes na época que incluíam ainda láudano e até mesmo cocaína.

O cineasta Alan Parker apresenta ao espectador os estranhos instrumentos mecânicos da época que prometiam longevidade, mas apresentavam um alto nível de periculosidade, sendo alguns letais inclusive, especialmente os que funcionavam à base de eletricidade, que ainda não era devidamente manipulada.

O diretor também apresenta um interessante painel sociológico, onde as classes mais abastadas viviam em meio ao frenesi criado em cima de promessas para viver uma vida longa e saudável.

Os coros em uníssono dão a idéia de um ambiente onde foi feita uma lavagem cerebral nas pessoas e qualquer tipo de questionamento referente ao método usado é prontamente abafado pelos próprios pacientes. A ideologia do doutor termina sendo o placebo de muitos.

A projeção mostra também duas histórias paralelas, sendo uma relacionada ao difícil relacionamento entre Dr. Kellog e seu filho adotivo George, cuja necessidade de atenção gera sempre uma atmosfera de conflito entre os dois e outra mostrando a trajetória de Charles Ossining, um homem que tinha a esperança de lucrar na indústria de cereais nutritivos, mas termina enganado por seu sócio, sendo forçado a buscar meios ilícitos para vencer neste mercado.

Vale ainda comentar a presença dos médicos alemães que usavam a ignorância das mulheres ricas da época para satisfazer suas próprias perversões, lucrando com a frustração sexual das mesmas.

O elenco apresenta performances impecáveis, a começar pelo genial Anthony Hopkins, um médico que realmente acredita ter encontrado a chave para uma vida melhor e duradoura e que fica triste com a teimosia e ódio de George. Matthew Broderick é outro ponto alto do filme, pois seu ponto de vista é o do espectador dentro daquele estranho local e suas reações são a de qualquer pessoa normal dentro daquelas circunstâncias.

Um olhar bem humorado sobre a natureza humana, sempre disposta a tentar de tudo para prolongar sua existência no planeta, mesmo que isso custe suas próprias vidas.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

Angry Angry
0
Angry
Fail Fail
0
Fail
Geeky Geeky
0
Geeky
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
OMG OMG
0
OMG
Scary Scary
0
Scary
Win Win
0
Win
WTF WTF
0
WTF

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

More From: Sem categoria

DON'T MISS