Os 40 anos de Garfield

O gato que estrela uma das tirinhas mais famosas da história, sendo publicado em 2570 jornais de todo o mundo, agora é quarentão com uma carreira muito bem-sucedida nos quadrinhos, na TV e no cinema. Garfield é criação de Jim Davis, que tirou o nome de seu avô James Garfield Davis (que por sua vez teve seu nome inspirado pelo presidente americano James Garfield).

Sua estréia foi em 19 de junho de 1978 e já destilava seu sarcasmo desde então.A partir daí, sua fama só cresceu e Davis inseriu novos personagens, como o cãozinho Odie, principal alvo das armações do gato por causa de sua pouca inteligência.

Nas histórias, o gato nasceu na cozinha do restaurante italiano Mamma Leoni. Foi vendido para uma loja de animais quando quase levou o estabelecimento à falência por ser o responsável pela “falta de massas”. O gato acabou sendo adotado por Jon. Odie pertencia ao colega de quarto do mesmo, Lyman. Mas quando este foi embora, o cãozinho preferiu ficar, para desgosto de Garfield.

Jim Davis diz que o nome do cachorro vem de um comercial que ele estava escrevendo para uma concessionária de carros, em que um dos personagens era Odie, o idiota da região. Ele gostou do nome e resolveu usá-lo. Com a popularidade em alta nos quadrinhos, não demorou para que o felino fosse adaptado para outras mídias. Em 1982, foi lançado o especial para TV “Aí vem o Garfield”. A partir daí, outros programas foram criados, como “Garfield on the Town”, de 1985 que conquistou o primeiro dos quatro Emmys (o Oscar da TV americana) com produções estreladas pelo mesmo. Ganhou duas versões live action para o cinema, sendo uma em 2004 e a continuação em 2006. 

Se ele fosse humano, seria desprezível”, disse Jim Davis numa entrevista. “O Garfield é louco, preguiçoso e anti-fitness. Parte do sucesso do gato é o fato do mesmo ser apolítico, fala sobre adorar comida, sestas, odiar a segunda-feira. O exato oposto de um cartoon de Nova Iorque. Qualquer pessoa de qualquer idade gosta”, explicou.

Gilson

About Gilson Salomão

Jornalista apaixonado por Cultura Nerd. Escritor e poeta. Nostálgico e sonhador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>